De cada vida, uma lição

Dias incríveis. 

Saudades de casa, saudades de muita gente, saudades de muita coisa. 

Mesmo assim, tenho vivido dias incríveis. Muitas coisas novas têm aparecido na minha frente; nunca imaginei que me apaixonaria por tudo isso. Esse lugar pacato me fez muito bem.

Olho para os lados, vejo gente sofrida e casas com fachadas velhas e sujas. Caminhando mais um pouco, avisto vários canaviais pertencentes a coronéis monopolizadores que conservam seus bigodes patriarcais e olhares lancinantes. Estes não medem força no momento de exigir esforço imenso de boias-frias, de gente fodida pelas escolhas (um a falta delas) na vida. 

E como esses boias-frias batalham, cara. Enfrentam um calor absurdo, andam descalços pela estrada de terra vermelha, colhem o que a natureza oferece, provam do suor que o corpo exala sem parar e não se intimidam com os percalços. "Bobagem, doutor. Vida tem que seguir, não acha?"

Surpreende essa boa vontade em trabalhar. E mesmo com uma vida dura, enquanto estive aqui vi poucos semblantes tristes. Por mais sofridas e pobres que sejam, elas levantam as mãos pro céu todos os dias, porque acreditam que Deus é o provedor da subsistência de cada um. Muito diferente do que me acostumei a ver na 'cidade grande'. Esses aí são heróis, mas heróis simplórios que foram adestrados pelo servilismo imposto há séculos pelos mais abastados.

Nem mesmo um décimo da população daqui possui um padrão de vida digno. A região é farta em matéria-prima, mas o poder está concentrado nas mãos de tão pouca gente. E gente rude, que se prende ao materialismo, que tem prazer em assistir de camarote toda a desgraçada rotina dos seus serviçais. Será que já não vi isso em algum lugar?

Os sonhos são muito mais modestos. Para alguns, um lote de terra e nada mais importaria. Para outros, uma casinha próxima ao centro e um carrinho qualquer. Sonhos simples, quase ininteligíveis. Mesmo assim, sonhos.

Tenho aprendido muito por aqui com gente pura, decente e honesta. Muitos me aceitaram aqui como um príncipe, alguém diferente. Filho de barão, coisa e tal. E eu aceitei muitos como grandes cidadãos, batalhadores, descartando qualquer tratamento deles que fizesse com que eu me tornasse superior a eles.

Não aprendi a sonhar, mas aprendi muito mais: aprendi a dar valor ao que tenho, aprendi a respeitar a realidade de cada um, aprendi a entender que o mundo é grande demais para uma verdade só. De cada vida, é certo que tiro uma lição.

E enquanto a saudade bate forte pela vertical e me atinge com força no peito, minha mente expande pra novos horizontes a partir do momento em que acordo e vejo o sol nascendo por aqui. 

Mais um dia incrível está prestes a acontecer.

Comentários

  1. Oiii!
    Adorei seu blog ^^
    tô seguindo.
    Tem selinho pra vc lá no meu blog
    bjinhos

    ResponderExcluir
  2. oiii
    bom sou nova aki no blog,mais adorei o que escreveu hoje,parabéns ficou muito bom mesmo.Você é uma das poucas pessoas que conheço que tem a audacia de dizer tudo que muitas pessoas veem mais não tem a coragem de dizer ;D
    Beeeijos,vou continuar lendo sempre que puder!

    ResponderExcluir
  3. ooi, te vi no site da capricho. achei seu texto muito interessante, principalmente essa parte: "aprendi a entender que o mundo é grande demais para uma verdade só. De cada vida, é certo que tiro uma lição." perfeito
    boa sorte com o blog
    beijos :**

    ResponderExcluir
  4. É tão bom encontar um Garoto.. Ops ^^ um Homem de Bonitas palavras sem Hipocresia (se for o caso ¬_¬)! Bjux (Iza : http://tdblz.zip.net)

    ResponderExcluir
  5. CAARA, Alèem de lindo voce è OTIMO com palavras!
    Achei muuito liindo tudo oque voce escreveu!
    Parabèens, seus textos sò dizem oque è real!

    Boa sorte com o blg +1
    ;*

    ResponderExcluir
  6. Acho que uns trechos do seu textos se encaixam perfeitamente na realidade de muitos. Por exemplo, viver numa utopia não leva ninguém a lugar nenhum, o negócio é acordar pra vida mesmo e dar valor ao que tem. Mas o problema está exatamente aí, nós humanos temos a estranha mania de dar valor as coisas só depois de perdê-las.. Mas enfim, é isso aí que você disse mesmo, saber tirar proveito de cada momento e assim a vida segue.

    Rhaíssa Morais

    www.conteudosuspenso.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. vi teu blog na capricho, to seguindo. filosofo :]

    ResponderExcluir
  8. Amei o texto.Viver é aprender com pequenas coisas, a simplicidade de um povo nos faz crescer interiormente como seres humanos.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  9. você escreve bem, até me inspirou pra continuar meu conto até então interminado haha, parabéns!

    ResponderExcluir
  10. Nossa.. fazia tempo que eu não lia sobre essa realidade por vezes tão distante, mas verdadeira.
    Quanto menos a gente tem, financeiramente, mas a gente aprende que o dinheiro não compra felicidade nenhuma e que nas pequenas coisas do nosso cotidiano é que nos fazem sentir completos!

    Gostei mesmo!
    ;**

    ResponderExcluir
  11. Uaal!
    adorei o seu post.. " o mundo é grande demais para uma verdade só." adorei isso.
    você escreve muito bem!

    gostei muito mesmo!
    beijos ;*

    -to te seguindo :) -

    ResponderExcluir
  12. É bom saber que mais alguém além de mim, vê a hipocresia ao seu redor e mesmo não podendo fazer muito ainda tenta de alguma maneira dar o seu melhor.

    adeus.

    ResponderExcluir
  13. Muito bacana o jeito que você escreve, adorei.
    É, estar longe de casa exige muita coragem. Saudades dói, e eu te entendo completamente amigo, pois vivo a mesma coisa todos os dias.
    A cidade que eu estou quase ninguém conhece (é Palhoça, SC), e também é cercada de gente honesta e com sonhos simples. Precisa ver as pessoas que moram na praia, então. É bonito de se ver.
    Obs. Qual cidade é essa que você está?
    Beijos, estou seguindo!

    ResponderExcluir
  14. Nossa!
    Adorei a essência das tuas palavras!
    Você diz o que eu sinto!
    Conhcer verdadeiramente o lugar ao meu redor!
    A Saudades de muitas coisas que eu irei sentir!
    Parabéns,beijos ;D

    ResponderExcluir
  15. Você me surpreende cada dia mais, Fábio!
    É uma grande pessoa e vai continuar crescendo cada vez mais.
    Parabéns e obrigada por ser quem você é.

    ResponderExcluir
  16. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  17. Bom nome.
    Nome Bom.
    E vice
    versa
    auhauahuah
    =)
    1 abraço
    =p

    ResponderExcluir
  18. Olá!
    Incrível cada palavra usada em seu texto!
    Tão cheio de verdades e sentimentos.
    Amei!

    Beijos pra ti!

    ResponderExcluir
  19. Adorei o texto, muito mesmo, adorei como descreve a situação, me lembra muito alguns livros. Onde é esse lugar?
    Realmente a sociedade precisa de saber a realidade das outras pessoas pra ter consciência do que tem.
    Parabéns pelo blog.

    ResponderExcluir
  20. ooh que fofo isso aqui. amei, o texto também tá ótimo. Sim, eu te vi no site da Capricho e te achei MUITO gato, mas nem estou te mascando tá? AHHAHAH. se gosta de futebol, entre no meu. beijoos

    ResponderExcluir
  21. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  22. Você consegui falar com sinceridade o que muitos tentam e não conguem, ou os que nem tentam.
    Existe muitas pessoas que batalham todos os dias e nem o menos são vlorizadas, e a pior parte é que´nós dependemos delas. Parabén por esse e outros posts.
    Bah
    http://bahpink.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  23. êê laiá, isso aqui vai encher de seguidor depois do colírios da capricho, aliás, de seguidora , HASIUHASIAHSIAS
    mais eu gostei do blog também ^^
    passa no meu, depois que já tiver passado no de todo mundo ai em cima . .
    bêejo :*

    www.xurupitaazul.blogspot.com

    ResponderExcluir
  24. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  25. Nossa! adorei seu blog.O texto é emocionante e nos faz refletir o quanto somos privilegiados e não sabemos dar valor ao que temos;continue escrevendo sempre e sempre,você sabe o que faz,e faz muito bem.Te vi no site da Capricho e estou aqui pra te desejar muito sucesso.
    BeiijoS da Bela*

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Faça a festa.

Postagens mais visitadas